Peçonhento

48d7ca53abc4a0be1861c00c9666f80f
(Encontrado em oliverlermarinkoski.blogspot.com)

Da Série “Corações”

Helê

 

Espelho

Filha veio encontrar comigo no trabalho,  no fim do expediente. Saindo de casa, manda um what’s up:

– Tô saindo.

E eu:

– Traz um casaquinho.

Nos encontramos, entramos no ônibus e eu ligo pra minha mãe:

– Oi, mãe. É que eu tô indo jantar com uns amigos, queria saber se tá tudo bem…

E ela:

– Leva um casaco.

Me senti dentro de uma matrioska.

9f3fe50cdaa3b0660c6e3f94ad29ed98

Helê

Foto canção 4

tumblr_nnwjvtsGQI1szrg39o1_540

“Acredito ser o mais valente

nesta luta do rochedo com o mar”

(É hoje, Didi eMestrinho, Samba enredo da GRES União da Ilha do Governador, 1981; foto: reblogou )

(Pideite: veja a primeira momentos da série)

Helê

Bye, B.B.

Eric-Capton-and-B-B-King-Riding-with-The-King-Rolex-Watches-Convertible

Uma morte a lamentar, como se deve fazer com os bons, sobretudo com os melhores. Mas a partida de Mister B.B. King me dá vontade de celebrar sua vida ouvindo muito blues e tomando o melhor uísque que encontrar. Com a morte dele consigo ser budista, reagir serena  e conformada. Porque, afinal,  o cara meteu o pé com 89 anos anos, fez show até anteontem; passou a perna na morte por um bom tempo – ela que já lhe fungava o cangote com descortesias como um diabetes. Quer dizer, o cara viveu, em bold e com todas as vogais da palavra – e mais uns riffs  entre uma letra e outra. Atravessou décadas, gêneros, artistas, modismos e permaneceu. Eu adoro “Riding with the king”, título, capa  e conceito.  Uma sacada genial e invejável do Clapton – quem entre nós não gostaria de fazer uma viagem com um ídolo?

Mas admito que só consigo pensar dessa forma zen porque ele não era um ídolo meu, ou por outra, não era próximo. Não tenho um disco dele, não fui a show, não chorei minhas mágoas nem pitangas ao som de seus acordes. Não tinha relação como a que estabeleci, por exemplo, com a Amy ou com o Tim, pelos quais sofri  e chorei a perda como se conhecidos fossem. Envelhecer é ir se acostumando com a morte. A morte de alguém  que viveu tanto e bem, se não lhe é especial, você aceita, concede (ainda que seja um gênio). Para os meus eu não tenho budismo possível – não nesta encarnação.

Helê

Aquele um (parte 3)

639bfde7a8fa64acbd03a8ecc38285b7
(arabianglow.tumblr.com)

Bennison Fabrics, 2009 Calendar photoshoot

(Bennison Calendar 2009 – April por Ken Sparkes em Fivehundredpx)

9df2764db8b5cd62f6e9251fd61b94b1

(trouvaillesdujour.blogspot.com)
623f18c0cc4f8d4a4888edd9f0ab5a07
(sweetmontana.tumblr.com)

Helê

Cartografia

Amor: dos mares, o maior.

84a2cb58de7daca9f33aaf4a294243df
(Foto de Elliott Erwin)

Helê Continuar a ler

Aquele um (parte 2)

f34fa72e0f7a7feeb5d468e80c41ff3c

41d0a274422c91d34bc167d92ebf9c0f

(Encontrado em publicsecrets.tumblr.com)

7efe1c2a3a57a439118f8b7753a71bc5

(Encontrado em 1x.com)

112e92cf2750cc09a32a7d6e66171d6d

(Encontrado em israelmatzav.blogspot.com)

2380ab406e150507f66960926c400215

(Encontrado em femmeblackchick.tumblr.com)

Helê

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.498 outros seguidores

%d bloggers like this: