Sobre nascer em outra época

Volta e meia o povo gosta de fazer essa brincadeira “Ah, o século tal  é que era bacana” ou  “Já pensou viver no império tal, que máximo?” Nunca me seduziu. Ou as pessoas são otimistas demais –  e sempre se imaginam no mínimo como parte da corte, se não de família real –  ou eu sou a pessimista: da última vez que apareceu esse papo por aqui eu disse que no século 17 eu seria escrava e a brincadeira acabou.  Sem falar na penicilina e na anestesia.

Mas, se tem algo que me provoca nostalgia são vestidos dos anos 40 e 50. Suspiros duplos carpados. Tinha muita vontade de voltar no tempo, talvez apenas uma noite, usando um desses, num bailão ao som de Sinatra:

Ou esse

Ou ainda

E tendo em mente a lição:

Seus vestidos devem ser justos o suficiente para mostrar que você é uma mulher, e folgados o bastante para mostrar que você é uma dama“.

Dito pela mulher que ganhou o Oscar de melhor figurino oito vezes.

Helê

%d bloggers like this: