Tempo tempo tempo

Como diz Caetano Veloso na belíssima Oração ao Tempo, “és um dos deuses mais lindos”… O tempo é implacável, e, feliz ou infelizmente, só anda para a frente.

É por isso que mais uma vez, aproxima-se o aniversário da minha sócia Helê, que a cada ano que passa fica mais valiosa, como também acontece com os bons vinhos. Ela merece todas as comemorações de costume, mas isso fica para o sábado, dia 27, que é o dia de celebrar sua chegada a este mundo. Enquanto isso, nós, privilegiados mortais que temos a honra de compartilhar com ela os mesmos tempo e lugar, podemos ir espiando a lista de desejos e escolhendo com que presente iremos homenageá-la. Escolham os seus – eu já escolhi o meu.

-Monix-

RSS, feeds, agregadores ou que m*rda é essa

Quando mudamos do blogger pra cá pro uordipress nós dissemos que uma das razões era que aqui teríamos RSS. Na época, sem dominar o assunto a ponto de poder explicá-lo, nos limitamos a avisar que era importante pra quem sabia o que era e não mudava a vida dos que desconheciam – o que continua sendo verdade.

Eu demorei a entender esse trem, como dizem os mineiros. Mas como tive que explicar isso no trabalho tive que ir além: entender e explicar pros outros. Então vou tentar fazer o mesmo aqui, pedindo desde já que me corrijam no que eu errar.

Bom, vamolá: bem objetivamente, quando um blogue ou site tem RSS ele pode ser lido por um leitor (ou agregador) de RSS. E o que é isso, Céus? Um programa ou uma página que reúne seus sites preferidos e indica quando houve atualizações. Ao invés de ficar pulando de site em site, você vai lá no seu agregador e lê todos num lugar só.

Um site “por dentro” é uma sopa de letrinhas. Tudo o que vc está vendo aqui, lá nos bastidores é um amontoados de letra e códigos, e antes os programas e sites não conseguiam identificar o que era a forma e o conteúdo. Aqui no Duas Fridas, por exemplo, não dava pra saber o que é o nome e as Fridinhas, que estão sempre lá em cima, e o que é este post, que entrou no ar hoje. O RSS é um formato que permite saber na que houve alteração no conteúdo, ou seja, novos posts, no caso dos blogues.

Além do RSS há outros formatos como o Atom, e todos eles têm o nome genérico de feed. Por isso os programas são chamados leitores ou agragadores de feed. O que eu uso é o Google Reader. Então eu adiciono um site que visito sempre e quando entro lá aparece um em negrito aqueles em que há novidade (podem aparecer todos também, isso a gente configura). A lista de blogues/sites aparece de um lado da tela; quando escolho um aparece a atualização do outro lado.

Pra quem navega bastante pela internet os leitores de feed ajudam muito. Pra quem tem blogue acho uma necessidade, porque a tendência é que as pessoas usem cada vez mais, é um atalho nesse mar de informação.

Bom gente, e isso que eu sei, espero ter conseguido dar uma luz.

Helê

Piadinha para seriemaníacos

Num grupo de amigas, convencionou-se chamar de ‘Pluft’ aquelas histórias de amor antigas, que sempre voltam ou assombram, feito fantasminhas. Daí que me ococrreu uma nova denominação:

– Por que ao invés de chamar aqueles casos antigos, meio mal resolvidos, de ‘Pluft’, a gente não chama de ‘Cold Case‘?

–  É um bom nome. Aqueles que não ligam mais podemos chamar de “Without a trace“. Além de “Arquivo X” e até mesmo de “Lost“, que tal?

Helê

%d bloggers like this: